13 janeiro 2017

Pastora e fiéis quebram imagem da nossa senhora de aparecida em Botucatu SP





Vídeo em que pastora de uma igreja evangélica de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) aparece quebrando a imagem de uma santa católica está gerando polêmica nas redes sociais e alimentando a intolerância religiosa. Nessa quarta-feira (11), o Conselho de Pastores do município emitiu nota condenando o ato. A Diocese de Botucatu ressaltou que trata-se de um caso isolado e pediu para que as pessoas não rebatam o mal com o mal.
As imagens foram divulgadas na terça-feira (10) e mostram a pastora em um terreno, em um ritual religioso, quebrando uma imagem de gesso de Nossa Senhora Aparecida com um martelo. Ao redor dela, algumas pessoas fazem orações, incentivando o ato.
“Quebra todo laço, quebra toda obra contrária”, diz um homem num trecho da gravação. “Esta obra que foi feita pelas mãos do inimigo, Senhor, agora está sendo quebrada Senhor meu Jesus e meu Pai, em nome de Jesus”, grita o homem em outro trecho.
No vídeo, o grupo de evangélicos fala que toda imagem e estrutura deve ser escorraçada e que “não aceita outro Deus a não ser o Senhor”. Com a imagem em pedaços, a pastora levanta as mãos para o céu e faz uma oração, ainda segurando o martelo.
Postadas inicialmente em uma rede social, as imagens foram rapidamente compartilhadas e viralizaram na Internet, recebendo duras críticas. Grande parte das mensagens condenando a prática da pastora vieram de membros da própria comunidade evangélica.
O missionário ressaltou ainda que o fato trata-se de uma prática “isolada”. “Seguimos em pregar as boas novas de Jesus Cristo, o Salvador, de acordo com as sagradas escrituras, preservando acima de tudo o amor e o respeito ao próximo”, pontuou

Nenhum comentário: