28 outubro 2014

Terrível Acidente entre caminhão e ônibus mata adolescentes da cidade de Borborema

A colisão entre um caminhão e um ônibus deixou 11 mortos e 30 feridos por volta das 23h dessa segunda-feira, 27, em Ibitinga, interior paulista. O coletivo, que transportava adolescentes, colidiu contra um caminhão tanque que transportava óleo vegetal em frente ao Motel Xodó.
Com o impacto, o caminhão pegou fogo e dezenas de passageiros do coletivo, moradores de Borborema, morreram. O ônibus teria partido de São Paulo com destino à Borborema. O grupo tinha participado de uma Feira de estudantes.
As fotos mostram o terror que se instaurou na estrada. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves, já o condutor do ônibus ficou gravemente ferido. As vítimas tinham entre 15 e 17 anos de idade. Uma professora de Ibitinga que acompanhava os alunos também não resistiu aos ferimentos.
As fotos mostram o estrago causado pelo acidente. A lateral direita do ônibus foi completamente arrancada com o impacto. No coletivo, haviam 34 passageiros.
Vítimas que conseguiram sair com vida do acidente foram encaminhadas ao Pronto Socorro de Ibitinga. A movimentação foi intensa e mobilizou dezenas de profissionais da saúde, além das equipes do Corpo de Bombeiros, Samu, Guarda e a Polícia Militar.

Aécio Neves, O Presidente do Estado de São Paulo Discursa após derrota para o Bolsa Família

14 outubro 2014

Marina Silva declara apoio a Aécio Neves no segundo turno

A ex-senadora fez uma série de exigências para poder apoiar o candidato tucano


por Leiliane Roberta Lopes
Marina Silva, candidata derrotada à Presidência pelo PSB, anunciou neste domingo (12) que irá apoiar o candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno. A decisão foi tomada depois de uma semana de negociações que fizeram o candidato tucano se comprometer com temas ligados à área social.
Diante da carta aberta divulgada pelo presidenciável, Marina resolveu se manifestar e divulgar seu voto. “Tendo em vista os compromissos assumidos por Aécio Neves, declaro meu voto e o meu apoio a sua candidatura. Votarei em Aécio e o apoiarei”, disse.
Entre as exigências para dar apoio, Marina pediu o comprometimento do ex-governador de Minas Gerais em se voltar para causas como a política ambiental sustentável, priorizar o ensino integral, criar fundos voltados para os índios e produtores rurais e ainda a criação e aprovação de uma lei pelo fim da reeleição para cargos executivos.
Depois de ser tirada da disputa presidencial por ter ficado em terceiro lugar com 21,32% dos votos, a ex-senadora informou que estudaria programas antes de escolher qual candidato confiar o voto, mas durante seu discurso ela garantiu que não pedirá cargos em troca desse apoio.
“Não estou com isso fazendo nenhum acordo ou aliança para governar. O que me move é a minha consciência, e assumo a responsabilidade pelas minhas escolhas”, afirmou ela.
Aécio Neves também ganhou o apoio do PSB e da família de Eduardo Campos, candidato morto em agosto durante um trágico acidente de avião. Além da Rede e do PSB, o candidato tucano tem também apoio do PSC, PV e outras legendas que já se pronunciaram favoravelmente a ele.