12 novembro 2014

Pr Claudio Duarte - Tema: Quem planta colhe. Completo

28 outubro 2014

Terrível Acidente entre caminhão e ônibus mata adolescentes da cidade de Borborema

A colisão entre um caminhão e um ônibus deixou 11 mortos e 30 feridos por volta das 23h dessa segunda-feira, 27, em Ibitinga, interior paulista. O coletivo, que transportava adolescentes, colidiu contra um caminhão tanque que transportava óleo vegetal em frente ao Motel Xodó.
Com o impacto, o caminhão pegou fogo e dezenas de passageiros do coletivo, moradores de Borborema, morreram. O ônibus teria partido de São Paulo com destino à Borborema. O grupo tinha participado de uma Feira de estudantes.
As fotos mostram o terror que se instaurou na estrada. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves, já o condutor do ônibus ficou gravemente ferido. As vítimas tinham entre 15 e 17 anos de idade. Uma professora de Ibitinga que acompanhava os alunos também não resistiu aos ferimentos.
As fotos mostram o estrago causado pelo acidente. A lateral direita do ônibus foi completamente arrancada com o impacto. No coletivo, haviam 34 passageiros.
Vítimas que conseguiram sair com vida do acidente foram encaminhadas ao Pronto Socorro de Ibitinga. A movimentação foi intensa e mobilizou dezenas de profissionais da saúde, além das equipes do Corpo de Bombeiros, Samu, Guarda e a Polícia Militar.

Aécio Neves, O Presidente do Estado de São Paulo Discursa após derrota para o Bolsa Família

14 outubro 2014

Marina Silva declara apoio a Aécio Neves no segundo turno

A ex-senadora fez uma série de exigências para poder apoiar o candidato tucano


por Leiliane Roberta Lopes
Marina Silva, candidata derrotada à Presidência pelo PSB, anunciou neste domingo (12) que irá apoiar o candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno. A decisão foi tomada depois de uma semana de negociações que fizeram o candidato tucano se comprometer com temas ligados à área social.
Diante da carta aberta divulgada pelo presidenciável, Marina resolveu se manifestar e divulgar seu voto. “Tendo em vista os compromissos assumidos por Aécio Neves, declaro meu voto e o meu apoio a sua candidatura. Votarei em Aécio e o apoiarei”, disse.
Entre as exigências para dar apoio, Marina pediu o comprometimento do ex-governador de Minas Gerais em se voltar para causas como a política ambiental sustentável, priorizar o ensino integral, criar fundos voltados para os índios e produtores rurais e ainda a criação e aprovação de uma lei pelo fim da reeleição para cargos executivos.
Depois de ser tirada da disputa presidencial por ter ficado em terceiro lugar com 21,32% dos votos, a ex-senadora informou que estudaria programas antes de escolher qual candidato confiar o voto, mas durante seu discurso ela garantiu que não pedirá cargos em troca desse apoio.
“Não estou com isso fazendo nenhum acordo ou aliança para governar. O que me move é a minha consciência, e assumo a responsabilidade pelas minhas escolhas”, afirmou ela.
Aécio Neves também ganhou o apoio do PSB e da família de Eduardo Campos, candidato morto em agosto durante um trágico acidente de avião. Além da Rede e do PSB, o candidato tucano tem também apoio do PSC, PV e outras legendas que já se pronunciaram favoravelmente a ele.



20 setembro 2014

Autoridade Espiritual

Por Silas Malafaia
- A única coisa que pode destruir o povo de Deus – Oséias 4:6
- O que é autoridade espiritual?
- É uma pessoa revestida da autoridade de Deus para desempenhar alguma função no reino do Senhor
- As cinco maiores autoridades espirituais para a igreja de hoje (neotestamentária) está em Efésios 4:11
- Um detalhe: profeta no texto, não é para quem tem o dom de profecia (não confunda dom de profecia com ministério profético)
- Ministério profético é um homem de Deus que é um profeta para o povo através da Palavra
- Quais são as atitudes de uma pessoa que reconhece e se submete a uma autoridade espiritual?
- Êxodo 17:9-10
1- “E fez Josué como Moisés lhe dissera” – obediência
- Você não quer obedecer ao seu pastor? Então você não é ovelha, e sim, bode
- Se você ver um crente (pode ser cheio de “fogo”, cheio de “poder”, pode falar em línguas a hora que quiser) pergunte sobre o pastor dele, a quem ele está submisso e a quem ele obedece. Pode cantar ali, acolá... “quem é o seu pastor? Qual foi a última vez que você esteve na igreja?” – Gente que anda cantando pra cima e pra baixo, que não está debaixo de uma autoridade espiritual, tem que ter cuidado. Gente que anda pregando pra cima e pra baixo e você pergunta a ele: “Você está debaixo de qual autoridade? Nenhuma?” Pode pregar, pode cair fogo do céu, obedece a que autoridade? A ninguém? Sai fora.

2- Êxodo 24:13
- Quer servir a autoridade espiritual
- Josué não era qualquer um, ele era comandante do exército de Israel e servia a Moisés

3- Êxodo 24:13-14
- A pessoa quer estar perto, junto da autoridade espiritual
- O problema de muitas pessoas é que elas olham para o pastor e olha só como um ser humano normal (sujeito a falhas) e elas não conseguem ver o revestimento da autoridade espiritual que está sobre àquela pessoa

4- Não participa de rebelião contra autoridade espiritual
- Números 16
- Sai fora de se rebelar contra pastor. Você não está satisfeito com o seu pastor? Chega até ele, pede a bênção e procure outra igreja
- Não queira gente que se rebela contra autoridade espiritual e você ter profunda comunhão com essa gente. Vai trazer maldição pra você.
- Uma pessoa que reconhece uma autoridade espiritual, não se rebela contra ela.

- Conseqüências para quem reconhece e se submete a uma autoridade espiritual:
- Obs: Autoridade espiritual não tem direito de violar seu espaço vital, não tem o direito de dizer o que você vai comer dentro da sua casa, ou a cor do terno ou do vestido da sua mulher
1- Êxodo 17:13
- Se você está debaixo de uma autoridade espiritual, se prepare para a conquista de grandes vitórias
2- Êxodo 18:9 – “Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja...”
- Quem está debaixo de uma autoridade espiritual, recebe certa autoridade espiritual – Moisés manda em Josué e Josué manda em um monte de gente
3- Êxodo 24:12-14
- Você irá participar de experiências espirituais profundas
- Israel estava embaixo do monte vendo o cume fumegar, mas Josué estava lá no cume com Moisés
4- Deuteronômio 34:9 – “E Josué, filho de Num, foi cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés tinha posto sobre ele as suas mãos...”
- Você está debaixo de uma autoridade espiritual? Existe algo especial de Deus para sua vida
5- “...assim os filhos de Israel lhe deram ouvidos, e fizeram como o SENHOR ordenara a Moisés”
- Quem se submete a uma autoridade espiritual, é considerado pelos outros

- Quando você se submete a uma autoridade espiritual, você recebe autoridade espiritual em algum nível
1- Você pode receber autoridade espiritual igual a quem você se submeteu
2- Você pode receber autoridade espiritual menor de quem você se submeteu
3- Você pode receber autoridade espiritual maior de quem você se submeteu
- No caso de Josué e Moisés, a autoridade espiritual de Josué não foi maior do que de Moisés – Deuteronômio 34:10

- Quando você se submete a uma autoridade espiritual, não tem nenhum problema de se submeter a maior autoridade que existe: Deus
- A pessoa que não se submete a pastor, pode ter certeza que ela não se submete a Deus. Se não obedece ao homem que vê, como pode obedecer a Deus que não vê?
- Josué 24:15

- Algumas observações importantes:
1- Deus perdoa pecados contra a Sua santidade, mas na Bíblia não consta passagens informando que Deus perdoa pecado contra a Sua autoridade.
- Pecado contra a santidade de Deus (não é apologia ao pecado, porque todo o pecado tem conseqüências): o camarada adultera, Deus perdoa. Vai ter conseqüências, mas Deus perdoa. O camarada mente, Deus perdoa. O camarada fala palavras de baixo escalão, Deus perdoa.
- Lúcifer se rebelou contra Deus no Céu, não teve colher de chá, não teve perdão
- Datã, Corã e Abirão se rebelaram contra a autoridade de Moisés que representava Deus, não tiveram perdão
- Pastores: se alguém se rebelar contra você, libera perdão, vai em paz, mas nunca mais permita voltar. Tem um grupo que no meio tem pastor, são líderes? Tchau. Tem ovelha? Ovelha é dirigida, pode voltar, pastor perdoa, restaura. Tem liderança? Não negocia com isso não, o camarada se rebelou contra você, é um pastor ou obreiro? Não tem colher de chá. Libere perdão, mas não deixe voltar para junto de você.

2- Se alguém quer ser autoridade espiritual, não existe uma autoridade espiritual que não tenha se submetido por algum tempo a uma autoridade espiritual
- Exemplos: Abraão submetido a Melquisedeque (sacerdote e rei em Salém); Moisés a seu sogro; Josué a Moisés; Davi a Saul; Jesus a João Batista (quem liderou o ministério de Jesus foi João Batista)
- Deus se submete às leis que Ele cria. João Batista não queria batizar Jesus, mas Ele disse que precisava ser batizado. Depois que Jesus foi batizado, aí sim Ele começou o Seu ministério
- Se você não se submete a uma autoridade espiritual, jamais poderá ser uma autoridade espiritual

3- O erro de uma autoridade espiritual, não lhe dá direito de se rebelar contra ela
- O exemplo clássico é Davi e Saul. Saul tentou matar Davi e durante aproximadamente 10 anos Saul perseguiu a Davi como um cão. Quando Saul está na mão de Davi (os assessores de Davi ainda falaram em nome de Deus) – I Samuel 26 – Davi quis dizer o seguinte: “Não fui eu que dei autoridade a Saul, não me compete tirá-la”
- Quem Deus dá autoridade, compete a Deus tirá-la ou não. Não é da sua competência. Você não tem autoridade para tirar a autoridade de quem é autoridade espiritual. Nenhuma ovelha tem.

4- A desobediência a uma autoridade espiritual, é passiva de punição
- Deus criou tudo perfeito, criou a Adão e disse que tudo poderia tocar, menos na árvore da ciência do bem e do mal. Deus estava ensinando a Adão o princípio de obediência. Desobedeceu, foi punido com a morte. Deus falou com Moisés: “Fala com a rocha”, Moisés feriu a rocha, foi punido de não entrar na terra prometida.
- Deuteronômio 3:26
- Agradeça a Deus e ao teu pastor se ele te punir, é sinal de que ele quer te recuperar

5- Até o diabo reconhece quem está submisso a uma autoridade espiritual
- Atos 19:11-16
- O diabo reconhece e não te toca, porque sabe que você está debaixo de autoridade espiritual

- Qual é a função de uma autoridade espiritual?
- Proteção, provisão e promoção

- Nunca pactue com rebelde; nunca esteja do lado de quem causa divisão no reino de Deus. Pastores, não recebam na sua igreja pessoas que causaram divisão nas igrejas dos outros. Nunca bote grupos de louvor que por mais que sejam famosos e que causaram problemas a outros ministérios

- Lá fora você pode ser senador da república, prefeito da cidade, governador do estado, ministro do supremo tribunal federal, deputado federal. Lá fora você pode ser o mais rico comerciante da cidade, dentro da igreja não passa de ovelha.
- Aprenda a se submeter a uma autoridade espiritual e você vai ver bênçãos na sua vida

Autoridade Espiritual


Por Silas Malafaia
- A única coisa que pode destruir o povo de Deus – Oséias 4:6
- O que é autoridade espiritual?
- É uma pessoa revestida da autoridade de Deus para desempenhar alguma função no reino do Senhor
- As cinco maiores autoridades espirituais para a igreja de hoje (neotestamentária) está em Efésios 4:11
- Um detalhe: profeta no texto, não é para quem tem o dom de profecia (não confunda dom de profecia com ministério profético)
- Ministério profético é um homem de Deus que é um profeta para o povo através da Palavra
- Quais são as atitudes de uma pessoa que reconhece e se submete a uma autoridade espiritual?
- Êxodo 17:9-10
1- “E fez Josué como Moisés lhe dissera” – obediência
- Você não quer obedecer ao seu pastor? Então você não é ovelha, e sim, bode
- Se você ver um crente (pode ser cheio de “fogo”, cheio de “poder”, pode falar em línguas a hora que quiser) pergunte sobre o pastor dele, a quem ele está submisso e a quem ele obedece. Pode cantar ali, acolá... “quem é o seu pastor? Qual foi a última vez que você esteve na igreja?” – Gente que anda cantando pra cima e pra baixo, que não está debaixo de uma autoridade espiritual, tem que ter cuidado. Gente que anda pregando pra cima e pra baixo e você pergunta a ele: “Você está debaixo de qual autoridade? Nenhuma?” Pode pregar, pode cair fogo do céu, obedece a que autoridade? A ninguém? Sai fora.

2- Êxodo 24:13
- Quer servir a autoridade espiritual
- Josué não era qualquer um, ele era comandante do exército de Israel e servia a Moisés

3- Êxodo 24:13-14
- A pessoa quer estar perto, junto da autoridade espiritual
- O problema de muitas pessoas é que elas olham para o pastor e olha só como um ser humano normal (sujeito a falhas) e elas não conseguem ver o revestimento da autoridade espiritual que está sobre àquela pessoa

4- Não participa de rebelião contra autoridade espiritual
- Números 16
- Sai fora de se rebelar contra pastor. Você não está satisfeito com o seu pastor? Chega até ele, pede a bênção e procure outra igreja
- Não queira gente que se rebela contra autoridade espiritual e você ter profunda comunhão com essa gente. Vai trazer maldição pra você.
- Uma pessoa que reconhece uma autoridade espiritual, não se rebela contra ela.

- Conseqüências para quem reconhece e se submete a uma autoridade espiritual:
- Obs: Autoridade espiritual não tem direito de violar seu espaço vital, não tem o direito de dizer o que você vai comer dentro da sua casa, ou a cor do terno ou do vestido da sua mulher
1- Êxodo 17:13
- Se você está debaixo de uma autoridade espiritual, se prepare para a conquista de grandes vitórias
2- Êxodo 18:9 – “Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja...”
- Quem está debaixo de uma autoridade espiritual, recebe certa autoridade espiritual – Moisés manda em Josué e Josué manda em um monte de gente
3- Êxodo 24:12-14
- Você irá participar de experiências espirituais profundas
- Israel estava embaixo do monte vendo o cume fumegar, mas Josué estava lá no cume com Moisés
4- Deuteronômio 34:9 – “E Josué, filho de Num, foi cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés tinha posto sobre ele as suas mãos...”
- Você está debaixo de uma autoridade espiritual? Existe algo especial de Deus para sua vida
5- “...assim os filhos de Israel lhe deram ouvidos, e fizeram como o SENHOR ordenara a Moisés”
- Quem se submete a uma autoridade espiritual, é considerado pelos outros

- Quando você se submete a uma autoridade espiritual, você recebe autoridade espiritual em algum nível
1- Você pode receber autoridade espiritual igual a quem você se submeteu
2- Você pode receber autoridade espiritual menor de quem você se submeteu
3- Você pode receber autoridade espiritual maior de quem você se submeteu
- No caso de Josué e Moisés, a autoridade espiritual de Josué não foi maior do que de Moisés – Deuteronômio 34:10

- Quando você se submete a uma autoridade espiritual, não tem nenhum problema de se submeter a maior autoridade que existe: Deus
- A pessoa que não se submete a pastor, pode ter certeza que ela não se submete a Deus. Se não obedece ao homem que vê, como pode obedecer a Deus que não vê?
- Josué 24:15

- Algumas observações importantes:
1- Deus perdoa pecados contra a Sua santidade, mas na Bíblia não consta passagens informando que Deus perdoa pecado contra a Sua autoridade.
- Pecado contra a santidade de Deus (não é apologia ao pecado, porque todo o pecado tem conseqüências): o camarada adultera, Deus perdoa. Vai ter conseqüências, mas Deus perdoa. O camarada mente, Deus perdoa. O camarada fala palavras de baixo escalão, Deus perdoa.
- Lúcifer se rebelou contra Deus no Céu, não teve colher de chá, não teve perdão
- Datã, Corã e Abirão se rebelaram contra a autoridade de Moisés que representava Deus, não tiveram perdão
- Pastores: se alguém se rebelar contra você, libera perdão, vai em paz, mas nunca mais permita voltar. Tem um grupo que no meio tem pastor, são líderes? Tchau. Tem ovelha? Ovelha é dirigida, pode voltar, pastor perdoa, restaura. Tem liderança? Não negocia com isso não, o camarada se rebelou contra você, é um pastor ou obreiro? Não tem colher de chá. Libere perdão, mas não deixe voltar para junto de você.

2- Se alguém quer ser autoridade espiritual, não existe uma autoridade espiritual que não tenha se submetido por algum tempo a uma autoridade espiritual
- Exemplos: Abraão submetido a Melquisedeque (sacerdote e rei em Salém); Moisés a seu sogro; Josué a Moisés; Davi a Saul; Jesus a João Batista (quem liderou o ministério de Jesus foi João Batista)
- Deus se submete às leis que Ele cria. João Batista não queria batizar Jesus, mas Ele disse que precisava ser batizado. Depois que Jesus foi batizado, aí sim Ele começou o Seu ministério
- Se você não se submete a uma autoridade espiritual, jamais poderá ser uma autoridade espiritual

3- O erro de uma autoridade espiritual, não lhe dá direito de se rebelar contra ela
- O exemplo clássico é Davi e Saul. Saul tentou matar Davi e durante aproximadamente 10 anos Saul perseguiu a Davi como um cão. Quando Saul está na mão de Davi (os assessores de Davi ainda falaram em nome de Deus) – I Samuel 26 – Davi quis dizer o seguinte: “Não fui eu que dei autoridade a Saul, não me compete tirá-la”
- Quem Deus dá autoridade, compete a Deus tirá-la ou não. Não é da sua competência. Você não tem autoridade para tirar a autoridade de quem é autoridade espiritual. Nenhuma ovelha tem.

4- A desobediência a uma autoridade espiritual, é passiva de punição
- Deus criou tudo perfeito, criou a Adão e disse que tudo poderia tocar, menos na árvore da ciência do bem e do mal. Deus estava ensinando a Adão o princípio de obediência. Desobedeceu, foi punido com a morte. Deus falou com Moisés: “Fala com a rocha”, Moisés feriu a rocha, foi punido de não entrar na terra prometida.
- Deuteronômio 3:26
- Agradeça a Deus e ao teu pastor se ele te punir, é sinal de que ele quer te recuperar

5- Até o diabo reconhece quem está submisso a uma autoridade espiritual
- Atos 19:11-16
- O diabo reconhece e não te toca, porque sabe que você está debaixo de autoridade espiritual

- Qual é a função de uma autoridade espiritual?
- Proteção, provisão e promoção

- Nunca pactue com rebelde; nunca esteja do lado de quem causa divisão no reino de Deus. Pastores, não recebam na sua igreja pessoas que causaram divisão nas igrejas dos outros. Nunca bote grupos de louvor que por mais que sejam famosos e que causaram problemas a outros ministérios

- Lá fora você pode ser senador da república, prefeito da cidade, governador do estado, ministro do supremo tribunal federal, deputado federal. Lá fora você pode ser o mais rico comerciante da cidade, dentro da igreja não passa de ovelha.
- Aprenda a se submeter a uma autoridade espiritual e você vai ver bênçãos na sua vida

18 setembro 2014

https://www.youtube.com/watch?v=XtQpTGQwj-Q

Evangélicos estão indecisos quanto ao voto para presidente

Consulta do Estadão mostra que muitas pessoas são influenciadas pelos pastores


por Leiliane Roberta Lopes
O jornal Estadão enviou representantes para consultar a intenção de voto dos evangélicos indo diretamente para algumas das grandes igrejas da capital paulista. Sem ter valor estatístico, a pesquisa conseguiu mostrar que os eleitores religiosos estão em dúvida em relação ao voto para presidente.
Centenas de fiéis foram parados e questionado sobre em quem votariam para presidente, mesmo hesitantes na capacidade de Marina Silva (PSB) governar, a candidata ainda ganhava o voto de boa parte dos eleitores que estão insatisfeitos com a atual presidente Dilma Rousseff (PT).
Entre os entrevistados pelo jornal estava a diarista Maria de Souza, membro da Assembleia de Deus do Brás que está arrependida de ter votado no PT, mas está indecisa. “Sempre fui petista, mas estou arrependida. O Aécio não sei o que faz. A Marina… É, estava pensando em votar nela, porque é evangélica, mas eu estou com tanta raiva de político, que esse ano acho que não vou votar em ninguém, nem se o pastor pedir. Acho que esse ano, nem se Deus mandar!”
A evangélica chegou a questionar sobre a posição de líderes como o pastor Silas Malafaia reclamando da falta de debate sobre assuntos realmente importantes para a vida dos brasileiros. “Eles deveriam se preocupar menos com o casamento gay e mais com a saúde, porque o povo está morrendo no corredor do hospital lá da minha região”, disse.
A AD Brás, que faz parte do Ministério Madureira, deve apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff. O bispo Manoel Ferreira é o primeiro-suplemente na candidatura de Geraldo Magela (PT) ao Senado pelo Distrito Federal.
No dia 8 de agosto Dilma esteve na AD Brás a convite do pastor Samuel Ferreira, o que já indicaria um possível apoio à candidata do PT, um posicionamento completamente diferente da AD Belém que está decidindo entre apoiar Marina Silva ou Everaldo Pereira (PSC), dois candidatos assembleianos.
Atravessando a Celso Garcia, os repórteres do EM consultaram os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus que estavam entrando no Templo de Salomão. O montador de móveis Luiz Roberto pretende votar em Marina. “Ser evangélico tem peso maior. Então, Marina seria a minha candidata, mas como ela entrou na disputa agora, ainda estamos avaliando propostas”, disse.
Luiz Roberto vota no Rio de Janeiro e pretende eleger o senador Marcelo Crivella (PRB) como governador. O jovem de 30 anos aceita a indicação da igreja e está disposto a votar em Dilma, já que o PRB é aliado ao PT.
A empregada doméstica Débora Silva, 28 anos, da Igreja do Evangelho Quadrangular também aceita os conselhos dos pastores na hora de decidir seu voto e afirma que vai votar em quem o líder religioso mandar. “Para mim não faz diferença. Vou em quem o pastor mandar, porque nesse meio político tem muita gente que quer atrapalhar o trabalho da igreja”.








Evangélicos estão indecisos quanto ao voto para presidente



Pesquisa Ibope aponta candidatos à reeleição da bancada evangélica entre os cinco mais bem colocados

Pesquisa Ibope aponta candidatos à reeleição da bancada evangélica entre os cinco mais bem colocados

Uma pesquisa do Ibope mostrou que a candidatura de figuras da bancada evangélica à reeleição vem sendo bem aceita por parte da sociedade. Em São Paulo e Rio de Janeiro, líderes evangélicos despontam entre os mais mencionados pelos eleitores sobre a intenção de voto para deputado federal.
O pastor Marco Feliciano (PSC) está entre os cinco primeiros candidatos a deputado mais mencionados pelos entrevistados. Em 2010, o líder da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento obteve pouco mais de 212 mil votos e ficou em 12º lugar entre os mais votados.
“Feliciano, 12º mais votado há quatro anos, foi alçado ao top 5 após ficar famoso por declarações de tom homofóbico”, escreveu o jornalista Bernardo Mello Franco, na coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo.
À frente de Feliciano aparecem apenas Tiririca (PR) – eleito em 2010 com o recorde de 1,3 milhão de votos -; Celso Russomano (PRB); Paulo Maluf (PP) e Baleia Rossi (PMDB). “Maluf e Russomanno são velhos conhecidos do eleitor. Baleia Rossi é filho de Wagner Rossi, o ex-ministro da Agricultura ‘faxinado’ no início do governo Dilma sob suspeita de irregularidades”, relembrou o jornalista.
Já no Rio de Janeiro, a filha do candidato a governador Anthony Garotinho (PR), Clarissa Garotinho é a primeira colocada nas intenções de voto dos eleitores para o cargo de deputado federal
O parlamentar evangélico Eduardo Cunha, líder da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados, aparece em terceiro lugar nas pesquisas, atrás do católico Jair Bolsonaro (PP), que é conhecido por declarações polêmicas contra a homossexualidade e os ativistas gays.
Bolsonaro se popularizou entre o eleitorado evangélico quando manifestou apoio a Marco Feliciano durante a crise política na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) provocada por protestos dos ativistas gays, que pediam a saída do pastor da presidência da pasta.

Pastor Silas Malafaia critica projeto de lei de Jean Wyllys que pretende dar às crianças poder de decisão sobre mudança de sexo

Publicado por Tiago Chagas em 17 de setembro de 2014 

Pastor Silas Malafaia critica projeto de lei de Jean Wyllys que pretende dar às crianças poder de decisão sobre mudança de sexo


Um polêmico projeto de lei de autoria do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) propõe que crianças e adolescentes possam entrar na Justiça para conseguir o direito à cirurgia de mudança de sexo caso os pais não concordem.
A proposta tramita sob o número 5002/2013 e tem a deputada federal Érika Kokay (PT-DF) como co-autora.
O texto do PLC 5002/13 defende que as pessoas que optam pela homossexualidade “precisam ter sua identidade de gênero reconhecida legalmente”, seja na mudança de nome ou na mudança de sexo.
Um dos trechos do projeto prevê ainda que o Sistema Único de Saúde (SUS) custeie as cirurgias de mudança de sexo e também obriga as empresas de plano de saúde a cobrir os procedimentos.
“A independência entre os tratamentos hormonais e as cirurgias, isto é, a garantia do direito das pessoas travestis que quiserem realizar terapias hormonais e/ou intervenções cirúrgicas parciais para adequar seus corpos à identidade de gênero autopercebida, mas não desejarem realizar a cirurgia de transgenitalização; A gratuidade no sistema público (SUS) e a cobertura nos planos de saúde particulares; A não-judicialização dos procedimentos, isto é, a livre escolha da pessoa para realizar ou não este tipo de tratamentos e/ou intervenções. A lei também regulamenta o acesso das pessoas que ainda não tenham de dezoito anos aos direitos garantidos por ela, entendendo que a identidade de gênero se manifesta muito antes da maioria de idade e essa realidade não pode ser omitida”, diz a proposta.
O pastor Silas Malafaia atacou frontalmente o projeto de Wyllys e Kokay: “Não vou me calar, não vou me calar! A minha luta não é contra pessoas e sim contra uma ideologia que quer destroçar os bons costumes”, escreveu o pastor em seu perfil no Twitter.

Mais 350 cristãos são mortos pelos extremistas muçulmanos do Boko Haram na Nigéria; Ore

Publicado por Tiago Chagas em 17 de setembro de 2014 

Mais 350 cristãos são mortos pelos extremistas muçulmanos do Boko Haram na Nigéria; Ore


Os extremistas muçulmanos nigerianos do Boko Haram continuam perseguindo e matando cristãos no país. Na última semana, outros 350 fiéis foram mortos.
A investida dos radicais contra os cristãos forçou o fechamento de um Instituto Bíblico e diversas igrejas. A situação é considerada alarmante e as lideranças cristãs acreditam que se nenhuma providência for tomada, o Boko Haram poderá conseguir erradicar os cristãos do país.
Samuel Dalí, presidente da Igreja Nigeriana dos Irmãos (EYN) lamentou o genocídio de cristãos no país: “A violência do Boko Haram contra os cristãos vem ficando cada dia pior e nossos membros estão fugindo aos milhares da região [atacada]. Os recentes ataques em Borno e Adamawa , estados onde as nossas igrejas têm visto Boko Haram fizeram da região a base do Exército [terrorista]. Como resultado, cerca de 350 cristãos foram mortos”, narrou Dalí em entrevista ao jornal local Morning Star News.
Recentemente o líder do Boko Haram, Abubakar Shekau , informou que o estabelecimento de um califado islâmico em Damboa e Gwoza, cidades dos estados de Borno e Yobe, respectivamente, além de um no estado Buni Yadi, incluindo as suas aldeias.
“Boko Haram já matou mais cristãos e queimou várias igrejas. A cada noite na sede [da entidade] nossos funcionários e suas famílias vão para a cama com corações unidos, temendo por suas vidas”, relatou o líder cristão.
A consequência da violência perpetrada pelos extremistas muçulmanos levou os cristãos a viverem em alerta máximo, em frequente expectativa de fuga: “Isto forçou-os a estar pronto para fugir a qualquer momento, antes de um possível ataque, o que geralmente ocorre durante a noite, no escuro”, explicou Dalí.
O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários informou recentemente que cerca de 5 milhões de nigerianos foram forçados a fugir de suas casas por causa dos ataques de Boko Haram em Borno, Yobe e Adamawa, regiões onde o governo nigeriano declarou um estado de emergência.
Segundo a imprensa local, líderes das igrejas nos três estados afetados Manhã contaram que a maioria dos desabrigados são cristãos.

Justiça Eleitoral obriga pastor Everaldo a retirar do ar programa eleitoral com críticas ao PT

Por Dan Martins em 17 de setembro de 2014
Justiça Eleitoral obriga pastor Everaldo a retirar do ar programa eleitoral com críticas ao PT


O candidato à Presidência da República pelo PSC, pastor Everaldo, terá que tirar do ar propagandas eleitorais nas quais associam o PT a atos de corrupção. A determinação da justiça veio em três liminares concedidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à coligação de Dilma Rousseff, que entrou com ações contra a campanha do adversário político.
Nos programas, pastor Everaldo afirma que o dinheiro dos brasileiros está “sendo roubado” por um “bando de ladrões”.
- Agora, novamente vemos membros ligados ao governo do PT envolvidos em um escândalo ainda maior (que o do mensalão) – afirma o candidato.
Representantes do PT argumentam contra o material de campanha do candidato do PSC afirmando que o conteúdo do mesmo é ofensivo, degradante e injurioso. Após a representação feita pelo partido, o ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto definiu que a campanha do pastor Everaldo não pode reproduzir o conteúdo até a decisão final da causa.
De acordo com a revista Veja, a assessoria do PSC informou que já apresentou sua defesa no caso. Uma matéria publicada pela revista afirma ainda que, para não deixar o horário eleitoral gratuito de rádio e TV fora do ar, um programa foi gravado às pressas pelo candidato.
Pastor Everaldo publicou ainda uma nota de repúdio à ação impetrada pelo PT, afirmando de tratar de um comportamento autoritário.
- A atitude do Partido dos Trabalhadores vem confirmar o comportamento autoritário de um partido que não sabe lidar com a crítica – diz a nota

05 setembro 2014

Marco Feliciano diz que Everaldo deve desistir para apoiar Marina


Deputado Federal quer evitar “divisão” de evangélicos na corrida eleitoral.
por Neto Gregório

Marco Feliciano diz que Everaldo deve desistir para apoiar MarinaFeliciano diz que Everaldo deve desistir para apoiar Marina
Um dos principais quadros do PSC, o deputado Marco Feliciano sugeriu que o vice-presidente do partido, Pastor Everaldo, desista da sua candidatura à Presidência para apoiar Marina Silva, evitando a “divisão” de cristãos entre Marina e Everaldo.
Pastor Everaldo decidiu lançar-se candidato ao Palácio do Planalto aproveitando a visibilidade que Feliciano deu a legenda por conta de sua passagem pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Everaldo chegou a ser criticado por ter ignorado a popularidade de Feliciano que deveria ter sido lançado em seu lugar.
Mesmo sendo desconhecido dos eleitores o candidato chegou a alcançar 3% dos votos evangélicos, pois conquistou o apoio dos principais líderes religiosos do país. Porém, com o crescimento de Marina Silva nas pesquisas, Everaldo Pereira igualou-se aos demais candidatos nanicos com apenas 1% de intenções de votos.
O líder da Igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento já havia indicado apoio a candidata do PSB no segundo turno, antecipando-se ao partido, pois Feliciano considera impossível apoiar a reeleição da Presidente Dilma Rousseff.
“Neste momento, dadas às circunstâncias, se eu estivesse no lugar do Pastor Everaldo, eu pensaria em declinar da campanha e migrar para Marina, para não haver divisão no meio cristão”, disse Feliciano.
O apoio de Feliciano a Marina Silva se deu após secretário nacional do comitê LGBT do PSB, Luciano Freitas, deixar a campanha devido às mudanças no programa de governo que beneficiaria os homossexuais.
Marina Silva retirou do seu programa de governo tópicos que evidenciavam privilégios para os homossexuais, como a retomada do famigerado Projeto de Lei da Câmara dos Deputados 122/2006.
A primeira versão do documento causou revolta de líderes evangélicos e católicos, pois trazia apoio à criminalização da opinião contra a prática homossexual, privilégios para a adoção de crianças e a distribuição de material didático destinado a doutrinar crianças.
“Marina quis dizer, na mudança do projeto de governo, que não vai influenciar as crianças na escola. Uma coisa é você ensinar a criança a não ser preconceituosa. Outra coisa é você doutrinar a criança e dizer a ela que tudo isso é tranquilo e que ela pode inclusive experimentar. Nesse quesito, Marina foi clara. A presidente Dilma, não”, afirmou.
Dilma afirmou que, se for reeleita, irá apoiar militantes do movimento gay e igrejas evangélicas. Feliciano pediu a união entre evangélicos e católicos para impedir a reeleição da candidata do Partido dos Trabalhadores.



04 setembro 2014

Maioria dos brasileiros é contra descriminalizar maconha e aborto e liberar casamento gay


União entre pessoas do mesmo sexo é o tema que mais divide eleitores ouvidos pelo Ibope, com 53% contrários e 40% a favor; pena de morte é apoiada por 46% e rejeitada por 49%
Maioria dos brasileiros é contra descriminalizar maconha e aborto e liberar casamento gay




A maioria dos eleitores brasileiros é contra a legalização da maconha, a liberação do aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo, segundo a pesquisa Ibope/Estado/Rede Globo.




Em relação ao aborto, 79% são contrários à legalização, e apenas 16% a favor. Em relação à maconha, o placar é semelhante: 79% contra e 16% a favor. Já a causa do casamento gay divide o eleitorado em faixas não tão díspares: 53% são contrários e 40% favoráveis a essa que é uma das principais bandeiras da comunidade LGBT.



A população também está dividida em relação à pena de morte: 46% defendem a medida, e 49% a rejeitam. Já a redução da maioridade penal tem o apoio de oito em cada dez brasileiros.



A pesquisa mostra ainda apoio significativo ao Bolsa Família, principal programa social do governo federal: 75% favoráveis e 22% contrários.



A privatização da Petrobrás é rejeitada por 59% e aprovada por 22%.


27 agosto 2014

Pr Silas Malafaia denuncia perseguição Nazista e Comunista Petista



O pastor Silas Malafaia voltou à artilharia contra o governo e o Partido dos Trabalhadores (PT), afirmando que tem sido perseguido pela Receita Federal. De acordo com o líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), a fiscalização seria uma forma de intimidá-lo.
Recentemente Malafaia falou sobre o assunto num vídeo em que mostrou documentos que comprovam que a denominação que ele dirige, assim como a organização não governamental (ONG) Associação Vitória em Cristo, estão com suas obrigações em ordem.
Malafaia disse que o governo petista é o mais corrupto da história do Brasil e que não entende a intenção do partido em tentar se manter no poder sendo que seus principais políticos estão na cadeia.
“Eu to desconfiado que eles pensam que eu sou igual a eles, porque a maior parte da cúpula do PT ta na cadeia pela maior roubalheira da história política do Brasil. Estão na cadeia, povo. Que país do mundo que tem a cúpula de um partido na cadeia… Como eles podem ousar querer continuar a governar o país? E a perseguição que eles estão empreendendo em cima de mim… Eu desafio: nenhuma igreja evangélica ou católica sofreu os procedimentos fiscais que eu tenho sofrido. Eles fizeram pra me intimidar, pra ver se eu me calo, pra intimidar a voz profética que Deus me deu. Eu não tenho medo deles. Podem até achar algum erro contábil, eu não sou contador. Roubo não. Usar gente para desviar o dinheiro da igreja e tal, laranja… Não. Já fizeram gato e sapato, não arrumaram nada, nem vão arrumar”, afirmou.
Por fim, o pastor alerta a comunidade evangélica para o que ele entende ser o início de uma perseguição mais intensa e abrangente contra os cristãos no Brasil.
“Agora, queridos, prestem atenção. O que eles estão fazendo contra mim é o mesmo procedimento que os nazistas fizeram, e que os comunistas fizeram e fazem. É a mesma coisa. A tentativa de calar, intimidar, aqueles que têm voz e influência. É a mesma coisa que fizeram agora na Venezuela e que fizeram um tempo atrás em Cuba. Eles são da mesma escola. Ah, você não tem nada com isso porque não é a tua igreja, não é teu pastor? E vocês pensam que eles fazem com todo mundo ao mesmo tempo? Começam com um”, alarmou Malafaia