30 julho 2013

Jesus Mandou dar a outra face. Já o Cantor Thalles Roberto Manda seus filhos brigarem na escola

O cantor Thalles Roberto esteve recentemente no programa Ritmo Brasil, da Rede TV!, onde concedeu uma entrevista à apresentadora Faa Morena e falou sobre sua história de vida, sua trajetória na música gospel e sobre família.

O momento da entrevista em que Thalles fala de sua relação com seu filho causou polêmica, sobretudo por causa dos conselhos que ele afirmou dar ao filho sobre brigas na escola. Um trecho da entrevista em que Thalles afirma que ensina seu filho a não apanhar de colegas na escola e que ele deve revidar para não apanhar em uma eventual briga circulou pelas redes sociais, e motivou uma série de críticas.

Thalles conta que sempre faz uma oração com o filho antes dele sair de casa e que, após a oração, o aconselha sobre como deve se comportar na escola, principalmente nos momentos em que for confrontado fisicamente por um colega.

- Quando ele levanta eu falo pra ele: 'Meu filho, é o seguinte, pressão. Vai pra cima. Não pode apanhar na escola não. Se o amiguinho te bater você olha nele e fala assim: varão, é o seguinte, se fizer de novo vai tomar.' -- afirmou o cantor, que disse ainda que explica para o filho que é um pastor e que ele é um menino de Deus, mas que se ele chegar em casa dizendo que alguém bateu nele "toma outra bifa".

Na entrevista, Thalles Roberto fala ainda da dedicação que seu filho tem à música e que o ensina a "ficar na frente". O cantor explica que o instrumento preferido de seu filho é a bateria, mas que o ensina que se ele quiser se dedicar a esse instrumento ele "vai ficar lá atrás", e que se ele quiser "ser o cara de frente" ele precisa seguir os passos do pai, tocando violão e cantando.

O trecho da entrevista foi divulgado pelo Facebook, onde foi compartilhado por mais de 3 mil pessoas, e foi recebido com críticas por vários usuários da rede social, que reagiram negativamente aos conselhos de Thalles sobre brigas e também sobre a música.

- Todos nós erramos e a misericórdia de Deus se estende sobre nossas vidas para que diariamente reconheçamos o quão falho somos. Infeliz o comentário do Thalles espero que Deus tenha aberto seus olhos para que pudesse enxergar o quão grave foram as palavras mencionadas nesta entrevista. -- afirmou Alex Sousa, que publicou o vídeo em seu perfil no Facebook.

- Se eu fosse baterista dele no meio do show levantava e ia embora -- escreveu Thiago Garcia, criticando os conselhos sobre música dados pelo cantor ao filho.

- Se ele disse isso pro filho pensa pro membros da igreja -- comentou outro usuário da rede social.

Assista ao trecho da entrevista em que Thalles fala sobre os conselhos que dá ao filho:

27 julho 2013

Baixe o novo CD do Diante do Trono - O Renovo - 2013

Diante do Trono - Renovo 2013
Diante do Trono Renovo 2013
Descricao:
Quero Subir.mp3
A Vitória da cruz.mp3
Espontâneo Mais que vencedor.mp3
Quem é Deus com nosso Deus.mp3
Espontâneo não há outro Deus.mp3
Deus de Amor.mp3
Amigo Fiel.mp3
Esperança.mp3
Nos braços do Pai.mp3
Espontâneo.mp3
Cindy Jacobs Profetiza Sobre o Brasil.mp3
Seja o Centro.mp3
Tua Presença.mp3
A Canção do Amor - Quero Me Apaixonar.mp3
Porque Te Amo.mp3
Espontâneo Porque Te Amo.mp3
Tua Visão.mp3
Manancial.mp3

Baixe grátis o CD novo do Cantor André Valadão - Fortaleza - 2013

André Valadão - Fortaleza 2013

André Valadão Fortaleza 2013
Descricao:
O Dom.mp3
Eu Vou Vencer.mp3
Sou de Jesus - Part. Thalles Roberto.mp3
Salmos 23.mp3
Mergulhar.mp3
Quero Agradecer.mp3
Desperta.mp3
Desperta (Espontâneo).mp3
Com Você.mp3
Com Você - Espontâneo.mp3
Libertador.mp3
O Que ele Diz que eu Sou - Mariana Valadão.mp3
Lugar de Adoração - Ana Paula Valadão.mp3
Pra Sempre - Forecer Yours.mp3

23 julho 2013

Morreu o cantor Thalles Roberto

Pastor escreve rtigo em que declara que o cantor Thalles Roberto morreu
Quero iniciar este artigo dizendo que eu tenho um compromisso com o evangelho puro e simples.Quando iniciamos este blog foi com este propósito, de não aceitar deturpações e protestar contra os seus canais. Pois bem, a algum tempo eu venho observando a postura do cantor TR, e claro, quero aqui confessar que algumas de suas musicas  dá pra ouvir sem encontrar nelas erros teológicos absurdos, mas existem uma leva de músicas dele que nem o lixo quer, quando eu declaro acima no título do artigo a morte do cantor Thalles eu quero aqui sistematizar o porque. Entendam que o sucesso não é sinônimo de vida, não pelo contrário, o sucesso mata mais que qualquer outra arma quando não se sabe lidar com ele .
Vamos lá pra nossa breve explicação do artigo .
1)O cantor Thalles morreu porque ele abandona um dos maiores princípios do evangelho que é a fidelidade as sagradas escrituras .
2)O cantor Thalles morreu porque, ele literalmente, está fazendo da fé alheia um meio de negocio.
3)O cantor Thalles morreu porque deixou a Gloria de Deus de lado e passou a propagar sua própria gloria .
4)O cantor Thalles morreu,quando deixou de ser cristão pra ser artista e só artista .
5)O cantor Thalles morreu quando começou a desrespeitar a Deus com suas canções humanistas e deturpadora dos princípios que nos leva a soberania de Deus .
6)O cantor Thalles morreu quando começou a escandalizar por onde passou,e com isso vai deixando seu rastro negativo .
7)O cantor Thalles morreu quando vendeu sua alma ao deus da fama ,e isso é o que basta pra ele .
Em fim Thalles morreu quando se afastou dos princípios do evangelho ,mesmo não sendo de uma igreja muito confiável na ministração das escrituras mas pelo menos havia um pouco de sensatez .Termino aqui declarando mais uma vez .Pra mim o Thalles morreu.
Pastor Lucivaldo Dionisio .
fonte: http://mulheresabias.blogspot.com.br

22 julho 2013

Cantor David Quinlan no Programa Raul Gil - SBT 20/07/2013


O programa Raul Gil já de algum tempo tem aberto espaço para os cantores evangélicos estarem louvando, testemunhando e assim passarem uma mensagem de alegria, paz e demostração do amor de Deus através de suas vidas.
Neste sábado dia 20/07 não foi diferente o programa convidou alguns cantores para estarem participando, dentre eles o irmão Lázaro que participou do quadro "Crianças curiosas" e os cantores David Quinlan, Diego & Tiago, Aliança do Tabernáculo, LC21, Brothers Music e Gabriela Rocha(foto) que fizeram o quadro "Jogo do Banquinho". Um dos momentos do "Jogo do Banquinho" dentre as outras participações que louvaram o Senhor e com certeza agradou o coração do Senhor, separamos o hino do pastor David Quilan, assista e seja abençoado(a):

Cantor Lázaro no Programa Raul Gil - Completo


20 julho 2013

'Thalles Mercenário' grita fieis por que o cantor não foi em evento que recebeu R$ 42 mil


O pastor Abraão informou ao público presente, que já teria pago ao cantor a quantia de 42 mil Reais, mas mesmo assim, Thalles se negou a ir até o local do evento se apresentar.
A participação do cantor estava prevista para as 20 horas, o que não aconteceu.
As 22 horas, Thalles Roberto ainda continuava no hotel, enquanto isso, as pessoas começaram a sentir que algo estava errado.
Quase as 23 horas, Cacau Santos e banda chegam ao local do evento, no caso, um estadio de futebol.
Porém, Thalles Roberto continuava no hotel, a cinco minutos do local.
Ao explicar aos presentes o motivo pelo qual Thalles Roberto não se apresentaria, todos começaram a gritar: Thalles Merçenário!
Depois de uma oração, todos sairam pelas ruas da cidade em direção ao Hotel em que Thalles estava hospedado.

18 julho 2013

Mara Maravilha Defende Dilma e ataca Marco Feliciano.

Mara Maravilha esteve no Palácio do Planalto com diversas outras cantoras e pastoras para uma visita oficial à presidente Dilma Rousseff. O caso teve diferentes repercussões no meio evangélico. Enquanto Silas Malafaia, por exemplo, comemorou, o deputado Marco Feliciano classificou o encontro de “engodo”. Ele esclareceu em sua conta doTwitter que o problema não era com as convidadas, mas sim contra Dilma Rousseff.
“Nada contra as cantoras, todavia, as convidadas nada sabem sobre o real motivo de suas visitas, ficar bem na foto com os evangélicos”.
Durante o programa “A Tarde é Sua” de ontem, na RedeTV!, Mara aproveitou para mandar um recado aMarco Feliciano. A apresentadora Sônia Abraão concordou e Mara declarou que “Como pastor, Marco Feliciano tem de perceber que foi Deus quem permitiu a Dilma ser presidente – porque nada acontece sem sua permissão”. Para a cantora, as duas grandes vítimas da manifestação que tomou as ruas são “o povo e Dilma”.
Membro da IURD há muitos anos, ela diz não ter envolvimento com a politica, mas seu ex-marido, Alessander Vigna, foi candidato a deputado federal pelo PRB de São Paulo; ela aparecia no programa dele no horário eleitoral.
A Feliciano ela sugeriu que ele “deveria abençoar Dilma e seu governo”. Posteriormente, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, ela declarou “Estão agindo como se ela fosse a grande causadora dos problemas do Brasil, mas o foco não é a presidente, é o sistema”.
“Cheguei a ver lágrimas nos olhos dela e a enxerguei como uma pessoa humana e receptiva”, explica Mara que disse ter votado em Marina em 2010 mas que hoje votaria em Dilma. Perguntada se já pensou em se candidatar? Não negou “No momento, estou orando… Mas não descarto a possibilidade.”




Fonte Gospel Prime.

11 julho 2013

Jair Bolsonaro - Contra o Aborto Na Comissão de Direitos Humanos 10072013

Cuidado com o cão - Dep Jair Bolsonaro na CDMH - Marco Feliciano

Em defesa da vida, os deputados do PSC Zequinha Marinho (PA), Takayama (SP), Costa Ferreira (MA) e Pastor Marco Feliciano (SP) participaram nesta quarta-feira (10) de audiência pública que discutiu a violação dos direitos humanos do nascituro, realizada pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias. A luta contra o aborto tem sido uma das principais bandeiras do partido. “O PSC é o partido brasileiro que possui a ideologia da vida. Nós temos o ser humano em primeiro lugar e essa bandeira é inegável, somos contra o aborto. E essa comissão, que é presidida por um deputado do PSC, não poderia deixar de falar sobre esse assunto”, ressaltou o presidente da CDH, deputado Pastor Marco Feliciano.

A audiência girou em torno principalmente da polêmica aprovação, pelo Senado, do PLC 03/013. A proposta, aprovada no último dia 4 de julho, na prática, legaliza o aborto no Brasil. O projeto de lei tramitou em regime de urgência e, em pouco mais de dois meses foi aprovado, em quatro votações relâmpagos, na Câmara e no Senado, sem que a maioria dos parlamentares tivesse tempo para tomar conhecimento do verdadeiro teor do assunto. A matéria foi enviada à sanção da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com o deputado Marco Feliciano, os parlamentares foram enganados. “A palavra chave “aborto” não consta no projeto”, ressaltou. O paulista afirmou ainda que entrará ainda essa semana com um documento pedindo o veto total da presidente Dilma Rousseff à proposta. “Daqui hoje sai uma resolução, as frentes contra o aborto vão se reunir e vamos fazer um documento pedindo à presidente Dilma que vete o PLC 03/13, já que ele é subjetivo, não fala nada sobre o aborto, mas o aborto está intrínseco em cada um dos seus artigos”, informou o deputado do PSC.

Convidado para o debate, o padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, professor e mestre em Direito, lamentou profundamente a aprovação do PLC 03/13 pelo Congresso. “Estamos fazendo essa audiência após uma ação muito triste do Congresso, que aprovou essa proposta tornando legal o aborto no Brasil. Os projetos de lei terão que ser lidos com uma lupa, para sabermos o que está por trás deles. Na sociedade precisamos de lei exatamente porque existem pessoas mal intencionadas”, alertou o padre.

Os ministérios da Justiça e Saúde também foram convidados, mas o primeiro alegou que o assunto não era de sua competência, e a pasta da Saúde informou que já tinha muitos eventos marcados para essa semana.

Todos contra o aborto

“A nossa Constituição fala que o direito à vida é inviolável, e se é inviolável precisa ser preservado. A vida começa na concepção, e não quando sai do ventre da mãe. Em um país como o Brasil, onde condenamos a pena de morte, como podemos ser tão hipócritas ao aceitar o assassinato de milhares de crianças?”. Deputado Pastor Marco Feliciano

“O que está acontecendo nesse país é o que eu chamo de amnésia conveniente. Se alguém tocar em um ovo do Projeto Tamar é preso, mas, no entanto, esse mesmo raciocínio não se mantém com o ser humano”. Deputado Takayama (PSC-SP)

“Desde a Constituinte que estou nessa Casa lutando por uma minoria que tem tentado aprovar aberrações contra as cláusulas pétreas da Constituição Brasileira. Os direitos do nascituro são previstos nos artigos 5º e 60 da nossa Carta Magna. Esses indivíduos sim devem ter os direitos humanos preservados”. Deputado Costa Ferreira (PSC-MA)

“Eu entendo que quando a criança é torturada em seu ventre materno seu direito à vida é violado. Crianças estão sendo estraçalhadas em nome de pesquisas de células tronco para curar doenças degenerativas em adultos. Isso é uma afronta aos direitos humanos”. Deputado Henrique Afonso, autor da audiência pública

“O aborto é uma miséria que deve ser evitada a todo custo nesse país. Os políticos precisam negociar o veto com a presidente Dilma. Nós não somos vaquinhas de presépio, estamos nos fazendo ouvir”. Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior

Ministério Apascentar na feira do bordado em Ibitinga - Tua Graça me bas...

Deus do IMPOSSÍVEL - Ministério Apascentar - Feira do Bordado em Ibitin...

01 julho 2013

Discurso polêmico do Pastor Silas Malafaia na Marcha para Jesus 2013 São Paulo

Nesse sábado São Paulo está recebendo sua 21ª edição da Marcha para Jesus, que nesse ano tem como tema "Novo Tempo". O evento, que é organizado pela Igreja Renascer em Cristo, reúne cerca de 2 milhões de pessoas que caminharam da Praça da Luz até a Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, na Zona Norte de São Paulo, no evento que começou às 10h deste sábado (29).

O público estimado no evento é duas vezes maior que o da edição de 2012. Os números de publico foram dados pelo apóstolo Estevam Hernandes, da Igreja Renascer, que preside o evento. Ele afirma que o grande público presente nessa edição da Marcha foi motivado pelas manifestações que tomaram o país nas últimas semanas. A PM estima que, por volta das 15h, o público era de cerca de 400 mil pessoas.

- Acredito que muitas pessoas foram motivadas pelas manifestações a estar marchando também -- declarou Hernandes, segundo o G1.

A realização do evento demandou grandes intervenções no trânsito da capital paulista. Para garantir a segurança da Marcha, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) bloqueou diversos corredores de tráfego da cidade. No início da tarde o congestionamento causado pelas intervenções no trânsito eram estimados em quase 30 km. Cerca de dois mil ônibus, de caravana de várias partes do Brasil, foram alocados em bolsão reservado pela CET.

Na Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, o público acompanha shows de bandas e grupos como Renascer Praise, Diante do Trono, Aline Barros, Ao Cubo, Inesquecível, Asaph Hernandes, Davi Sacer, Regis Danese, Mariana Valadão, André Valadão, Cassiane, Thalles Roberto, Marcelo Aguiar e Fernandinho. O evento acontece até às 20h30.

Além do apóstolo Estevam Hernandes, um dos responsáveis pela organização do evento, a Marcha conta também com a participação de conhecidos líderes evangélicos, como o pastor Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, e o deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.



Feliciano subiu em um trio elétrico vestindo uma camiseta da Marcha com a frase: "Eu represento vocês!" escrita nas costas. A frase seria uma resposta do deputado às polêmicas que esteve envolvido desde que assumiu a presidência da comissão, visto que seus maiores opositores, os ativistas gays, pedem sua saída da comissão afirmando que o parlamentar não os representa.

- Eu represento um segmento conservador da sociedade, um segmento família da sociedade. Esses aqui eu represento -- afirmou Feliciano.

A assessoria de imprensa da Marcha Para Jesus, afirmou que a presença de Feliciano foi uma "surpresa", já que o deputado não havia confirmado presença até a véspera.

Além das personalidades evangélicas e artistas gospel, o palco do evento recebeu discursos de autoridades do poder Executivo, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e p ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), que afirmou: -- É uma festa maravilhosa, da cidadania, um presente para São Paulo. Eu, como prefeito, participei de várias edições. É um dia de muita festa.

O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) também compareceu à Marcha, e foi vaiado ao subir ao palco e anunciar que falava em nome da presidente Dilma Rousseff. Ele ainda parabenizou o Apóstolo Estevam e a Bispa Sonia Hernandes pela organização pacífica do evento.



Várias pessoas presentes no evento manifestaram seu apoio ao projeto que mais causou controvérsia desde que Feliciano se tornou presidente da Comissão de Direitos Humanos, apelidado de "cura gay". Apoiadores do projeto carregavam faixas com os dizeres "Cura Gay, uma mentira dos ativistas gays".

Os fiéis levaram também outras faixas para a marcha, entre elas uma escrita "Procurando Lula" e outra "Manifestação pacífica tem limite. Fora baderna e vandalismo", em referência ao vandalismo que tem marcado vários dos recentes protestos pelo país.

Os protestos não motivaram apenas o grande público do evento, mas também uma série de manifestações dos fiéis presentes na Marcha, que empunhavam cartazes com dizeres inspirados nas frases que ficaram famosas durante as manifestações de cunho político. Durante a marcha era comum encontrar cartazes com frases como "#vemprarua falar de Jesus", "vem pra rua marchar com Cristo" e "Brasil contra cristofobia", além de muitas pessoas com os rostos pintados de verde e amarelo.

Além disso, boa parte dos participantes incorporou os temas abordados nas últimas semanas nas ruas, segundo o Terra. Assim como nos protestos que acontecem em várias cidades brasileiras, fiéis carregavam cartazes pedindo melhora na qualidade dos serviços públicos, como saúde, educação e transporte.